Inspirações para penteados de Noiva

Vai casar e não sabe como arrumar seu cabelo e você não curte o clássico coque de noiva?

A dica é seguir uma linha mais natural, romântica, despojada ou, por que não dizer, versátil.

As opções de penteado são diversas e a escolha deve seguir o estilo da noiva, do local e/ou do tipo do casamento.

O uso de acessórios está em alta, principalmente para transformar um simples cabelo solto em um lindo look romântico. As opções mais requisitadas são: as tiaras, flores ou peças produzidas com materiais modernos, como a malha de cobre e bordados.

Uma tendência forte para penteados de noivas são as tranças! Elas vêm em vários estilos: cabelo meio preso, de lado, inteira, com trabalhos em coques, embutidas de lado, tipo tiara.

Outro super sucesso é o estilo retrô, com topetes, franjas, ondas largas e coques altos.

Inspire-se no nosso mural!

Anúncios

Franjas, ter ou não ter, eis a questão!

Longa, curta, reta, diagonal ou desfiada. São muitas as possibilidades de corte para uma franja e, talvez por isso, ela venha fazendo a cabeça de muitas famosas. Uma das últimas a adotar o look é foi a top Isabeli Fontana, que vai participar de um editorial da revista Vogue França e precisava mudar para as madeixas que são tendência absoluta no verão europeu.

Uma franja é capaz de realçar o olhar, deixar o rosto mais sutil e rejuvenescer, como o corte da Isabeli, que adotou uma franja longa na frente, desfiada nas pontas e desigual nas laterais.

Testes com diferentes formatos são importantes antes de correr para o salão e cortar as madeixas.

Como fizeram outras famosas como Jessica Biel e Carolina Ferraz , é importante destacar que, para cada formato de rosto, há um tipo de franja que se encaixa melhor.

Pode-se cortar uma franja em qualquer cabelo, até mesmo nos cacheados e afros, mas, além do formato do rosto, deve-se levar em conta a textura do cabelo.

O rosto redondo, por exemplo, pede franja com corte diagonal, desfiada para a direita ou para a esquerda.

Já no quadrado, ela deve ser mais curta na frente para alongar o rosto, com as laterais longas, até o queixo.

Mulheres de rosto retangular alto (caracteriza-se por ser alongado) podem apostar em franja até a sobrancelha.

Ao contrário do rosto retangular baixo, que pede franja curta, com muito volume em cima e laterais compridas.

Para  a proporção do rosto triangular baixo, ou coração, uma franja média, com laterais arredondadas é o mais adequado para exaltar a delicadeza do rosto abaixo dela.

Enquanto o triangular alto pede uma franja longa, para esconder as bochechas proeminentes.

Para o rosto em forma oval ou de losango, qualquer tipo de franja é perfeito! Desde as mais leves e desfiadas, chamadas franjas falsas…

Até a franja reta, mais pesada, que trás um formato mais geométrico para o rosto, agregando muito estilo!

Se você faz parte da turma que quer uma franja, mas tem medo de cortar as madeixas e se arrepender, o aplique é a solução.

Encontre um que seja feito com cabelo natural e tenha a cor exatamente igual à de seus fios. Alguns apliques já vêm com presilhas e basta prendê-las na raiz do cabelo. Por ser tão simples de colocar, esse acessório vem se tornando um coringa na mão das mulheres, principalmente das que gostam de surpreender.

Ou ainda existe essa forma nova de prender em coque, em que as pontas do rabo deixam de ser enroladas para produzir uma franja.

E aí, vai adquirir alguma?

Boca Magenta

Cor de batom frisson da estação verão 2013, perfeito para todos os tons de pele, o magenta destacou várias bocas nos desfiles da temporada.

Com pele iluminada e pontos de cor, a maquiadora Fabiana Gomes apresentou um make up contemporâneo no desfile da Iódice, no SPFW.

Outro rostinho famoso que adotou a cor nos lábios foi a Taylor Swift. A cantora adora um delineador gatinho, blush natural e boca impactante.

No editorial de junho da edição árabe da revista Harper’s Bazaar, o batom magenta foi destaque principal no make up by Sophie Churdzikowski.

O charme do Undercut

Corte moderno, porém, que exige uma certa coragem e atitude, e que vem fazendo a cabeça das mulheres é o UNDERCUT. Já usado anteriormente pelos punks na década de 1970, o corte cria um ar rock and roll, raspando apenas uma metade da cabeça. O visual dá destaque ao lado que fica com os fios mais compridos, jogados de lado.

 

Pra quem não quer virar amiga íntima da maquina de corte, a opção mais que charmosa é o uso de tranças laterais, já usadas por alguns rostinhos conhecidos. Confira abaixo, o efeito do penteado!

 

Batom opaco e de longa duração

Você sabia que o pó compacto não serve somente para a pele?

Os top maquiadores dos desfiles de moda da SPFW revelaram alguns segredos e, entre eles, um truque que pode ser usado no dia-a-dia que torna seu batom de pouca duração, num de longa. Até porque, na correria, precisa-se de algo que dure! É bem fácil e, de quebra, você ainda ganha um bocão mais recheado, veja só como:

Passe uma camada do batom da cor desejada (pode ser cremoso, brilhante, ou mesmo um gloss), salpique pó compacto e então finalize com a última camada do batom.


A união dos cremosos e secos garantem maior fixação e muitos profissionais garantem que a duração do produto nos lábios aumenta cerca de 60% com essa técnica.

Uma variação que pode constar na lista é usar um pó translúcido e não passar a última camada de batom, criando assim um batom matte, que está sendo muito usado pelas estrelas!  É simplesmente a última moda em termos labiais e, com certeza, você pode criar novas cores, misturando os batons com pós bronzant , blushes, sombras, enfim, o que tiver em casa.

Crescent Moon

Hoje, além das roupas e bolsas, a Chanel aposta em unhas com inspiração “New Vintage”.

No último desfile de outono-inverno 2012/13, no Grand Palais em Paris, a grife apostou na border nail, apelidada de Crescent Moon. A nova Nail Art foi criada pelo diretor criativo de maquiagem da marca, Peter Philips. A unha, segundo ele, é uma “francesinha mais moderna”. As tonalidades utilizadas no desfile são: Le Vernis “Silver”, da Chanel com  o Le Vernis “May” 535,  também da Chanel).

A origem da nail art, não é certa, mas há que diga que começou na Índia (por volta de 5000 aC), onde as mulheres tingiam (e ainda tingem) suas mãos com hena.

Em 3000 aC, os chineses criaram uma complexa fórmula contendo: goma-arábica, gelatina, cera, tintas vegetais e clara de ovos. Para dar tonalidades como rosa e vermelho, eram usadas pétalas de rosa e orquídea.

Já em 600 aC, durante a dinastia chinesa Chou, os membros da aristocracia exibiam longas ponteiras prateadas e douradas, usadas como joias que protegiam as unhas e eram símbolo de riqueza.

No século 15, os Incas criaram as unhas artísticas e as decoravam com imagens de águias.

Nos anos 1920, foi modificado o cenário das unhas com cores vermelhas e a famosa unha meia lua. Logo em 1932, a Revlon lança sua primeira linha de esmaltes com cores inéditas até o período. O maquiador Frances Michelle Menard criou cores sólidas ao invés de somente tingir as unhas. Assim, os irmãos Revlon e o químico Charles Lachman inventaram o esmalte que conhecemos hoje.

Em 1934, o dentista Maxwell Lappe criou o primeiro conjunto de unhas postiças. Já em 1976, o norte-americano Jeff Pink criou a francesinha.

As unhas com texturas modernas, brilhos e enfeites, apareceram na era dos anos 2000 como nail art, sendo um acessório poderoso na hora de compor um look, além de refletir a personalidade.