Inspirações para curtinhos

Apesar do nome, o look não tem nada de masculino. O corte joãozinho combina com uma personalidade forte, tornando a mulher sexy e feminina, além de ser ultra prático. Porém, é sempre bom buscar um profissional para que os fios estejam em harmonia com o formato do rosto.

Pra quem já optou em radicalizar e cortou as madeixas, sabe o quão difícil é variar o penteado.

Esta semana, na novela “Avenida Brasil”, a Nina (personagem da atriz Débora Falabella), surgiu com um novo penteado para seus fios curtíssimos: o topetão, inspirado na década de 60, a la Elvis, dando um ar sofisticado e amenizando a cara de menininha.

Já a atriz Guilhermina Guinle, optou por um corte com as laterais raspadas, e mantém um franjão. Os penteados da atriz variam no dia-a-dia, de cabelo dividido na lateral para um ar mais sério a fios para trás e presos.

Outra opção é usá-lo espetadinho, para obter uma aparência sofisticada ou com franjas, que pode ser bem sexy. Prender o cabelo de lado utilizando grampos trabalhados agrega ao visual uma nova aparência.

As opções de adereços para incrementar os looks são tiaras, lenços presilhas.

A dica é manter os fios bem hidratados e com o corte em dia, assim o penteado naturalmente ganha vitalidade e movimento.

 

Nas Alturas!

Todo mundo observou como chegou firme e forte a tendência do coque alto. Mas esse hit não é novidade. Já foi usado em muitas décadas, e mesmo assim voltou e é febre no mundo fashion.

Penteado prático, que muitas vezes serve para domar os fios, o coque alto traz uma pegada despojada e moderna. Chamado atualmente de Topknot, o look tem muitas versões, podendo ser usado em várias ocasiões.

O coque alto se destacou e foi eternizado, na cabeça de Audrey Hepburn, no filme Bonequinha de Luxo.

Quatro décadas depois, ele vem ganhado força, sendo apresentado em desfiles como SPFW, como Adriana Degreas, André Lima e Neon .

Outro ponto positivo do look “coque no alto” é que ele deixa os acessórios à mostra, valoriza as blusas com golas trabalhadas, lenços, cachecóis ou para espantar o calor no verão. É a aposta certa.

O “coque alto” atualmente é usado em forma de aposta fashion por nomes como Kate Bosworth, Hillary Duff, Julia Petit, Jennifer Lopez.

A origem do look veio lá sec. VII A.C, das mulheres da Frigia (atual Turquia), onde o penteado era usado com os cabelos amarrados em um nó no topo da cabeça, adornados com tiaras.

No século XVI, a moda dos rufos (grandes golas engomadas), usadas pela nobreza até a primeira metade do século XVII, trouxe a necessidade que os cabelos precisassem ser presos no alto. Dessa forma o penteado usado com mais frequência eram aqueles enrolados no alto da cabeça.

Influenciadas pela moda francesa, as mulheres do século XVIII, apostavam em um penteado que, com o auxilio de perucas, construíam estruturas enormes acima da cabeça.

No século XX , o penteado ganhou as ruas nos anos 60, o coque voltou com uma cara parecida com novas versões do coque alto de agora.

Olhos delineados

A aposta da maioria das artistas nessa temporada é o make retrô com um belo delineador marcando o contorno dos olhos. Gatinhos, gráficos, clássicos ou modernos, quem reciclou essa tendência foi Amy Winehouse, e agora virou o must até de artistas mais tradicionais.

O delineador entrou no cenário da moda nos anos 50 e 60, quando as beldades hollywoodianas popularizaram a maquiagem, antes só utilizada por prostitutas. As atrizes Marilyn Monroe, Brigitte Bardot e Audrey Hepburn levaram o produto para as telas de cinema e, depois disso, ele virou febre mundial.

Para o Inverno 2012, o contorno dos olhos voltou com tudo e os delineadores dão um charme a mais para qualquer produção. Antigamente, eles eram pouco indicados para olhos pequenos. Mas, hoje em dia o mito caiu e o produto está em alta para todos os formatos de olhos. Inclusive serve como truque, para os mais caidinhos como os de Malu.

Eles podem ser usados tanto nos looks básicos, como em produções glamurosas. O importante é não deixar sua risca ir para baixo. Senão, dará a impressão de olho caído. Para isso não acontecer, basta continuar riscando o delineador em direção às sobrancelhas, após o final das pálpebras.

Existem vários tipos de delineador no mercado. A escolha depende do efeito que se quer no olhar e da habilidade que se tem para aplicar. O modelo lápis, por exemplo, é o mais fácil de usar, mas é necessário reforçar o traço para que fique evidente. A caneta produz traços marcados e mais grossos. O líquido requer mais prática, pois borra com facilidade, mas o efeito é mais bonito.

Um bom truque para quem ainda não acerta no traço na primeira vez é desenhar uma linha prévia com lápis de olho, para depois aplicar o delineador. Seja qual for o modelo, o segredo é o treino. Tenha por perto cotonetes e demaquilantes. E mãos à obra!

Para copiar o make de Taylor Swif, comece com um traço médio no canto interno o olho, bem rente aos cílios superiores. Quando chegar ao meio da pálpebra, comece a engrossar o traço e a subir levemente até o final dos olhos. Deixe passar um pouco, até onde termina a sobrancelha. Aplique várias camadas de delineador para obter um resultado mais perfeito.

Simples, ele se encaixa para qualquer produção! Basta contornar a pálpebra móvel para dar profundidade.

O delineado maravilhoso da Doutzen Kroes é  grossinho e tem textura mais seca, parece feito com lápis porque não é tão perfeito e chega até a ter um ponto esfumaçado onde encontra o côncavo, o puxado é mais fino e homogêneo.

Zoe Saldana fez um bem mais fininho e completou com sombra esfumada que acompanha o desenho.

O de Anne para a capa da Allure está bem mais dramático, aumentando drasticamente o tamanho dos olhos em um traço contínuo até quase encontrar o final da sobrancelha.

O delineado também pode ser esfumaçado. Confira a capa da Vanity Fair com a Kristen Stewart, que aparece com um lindo esfumaçado, mas sem deixar de ser um traço marcado, contornando todo o olho. A textura metálica e cílios bem definidos deixaram o look ainda mais moderno!

Nesta foto que integra a matéria, a atriz aparece com olhos mais marcados pelo delineador que é combinado com a sombra escura, sem deixar de lado o formato gatinho. Pura sensualidade.

Os Olhos de Mila combinaram perfeitamente com o tom berinjela das pálpebras, acompanhado do bom e velho delineador preto!

Aqui temos variações do tema:

Delinear ambas as pálpebras sem puxar também é uma opção mais casual.

Veja a diferença de Rachel com e sem delineador…

Chanel clássico e atual

Você já viu milhares de mulheres usando, há muito tempo, mas você sabe de onde veio o corte CHANEL?

Ele surgiu em 1918 e foi criado pela estilista Coco Chanel. A história conta que a francesa queimou o cabelo por acidente e, sem ter outras alternativas na época, cortou rente a nuca. O corte caiu nas graças femininas e nunca mais saiu de moda. Inclusive, continua sendo um dos mais pedidos nos salões. Mas agora o cabelo curtinho, que não passava da altura do queixo, ganhou novas versões e não precisa ser somente no estilo reto.

O chanel clássico, inspirado no cabelo usado pela estilista, fez sucesso nos anos 60 e até hoje ganha adaptações mais modernas e inovadoras, servindo de inspiração para muitas mulheres. Prova disso são as versões usadas pelas celebridades.

Os novos modelos de corte chanel podem ter variações. O cabelo pode ser repicado, assimétrico, na altura dos ombros, desfiado deixando a nuca à mostra ou até mesmo ter franjinha.

O corte chanel tem ótimo caimento em fios lisos, mas quem tem cachos também pode usar. Este tipo de corte combina com qualquer formato de rosto, desde que seja cortado da maneira correta.

Chanel para rosto oval

Mulheres com o rosto oval combinam com qualquer corte neste estilo, desde que tenha o comprimento abaixo do queixo.

Chanel para rosto redondo

Quem tem rosto redondo deve optar pelo chanel assimétrico, com as pontas mais compridas na frente e mais curto na nuca.

Chanel para rosto quadrado

Mulheres de rosto quadrado devem investir em cortes estilizados, de preferência com a nuca alta e com o modelo de chanel com franja desconectada, com caimentos laterais ou franja reta.

Dica boa!

Para aquelas que não têm coragem de ousar demais no corte, dá para conseguir o look chanel sem precisar passar a tesoura nas madeixas.

O segredo é apostar no truque do chanel falso. O penteado que deixa os fios mais curtos pode ser usado em qualquer tipo de cabelo, podendo ter variações de comprimento, como na altura dos ombros.

Algumas celebridades já apareceram em festas e eventos com as madeixas encurtadas, mas sem cortar.

O truque para encurtar os fios sem corte e sair por aí exibindo o seu penteado chanel falso não tem muitos segredos. Ele é prático e com apenas alguns grampos e um spray seco, é possível chegar a este visual pra lá de moderno.

Como fazer

Há duas maneiras diferentes de começar a fazer o penteado. A primeira delas é bem simples: Com os cabelos soltos, separe os fios em mechas largas e dobre as pontas para dentro do cabelo na altura que desejar.

A outra maneira de iniciar o penteado é fazendo um rabo de cavalo baixo e frouxo e depois seguir o mesmo procedimento anterior de dobrar as pontas para dentro. Depois deste primeiro passo, o penteado procede da mesma forma tanto para quem começou com os fios soltos ou com rabo de cavalo.

Vá prendendo o cabelo com grampos, mas de uma forma que eles não fiquem visíveis. Para garantir que o penteado dure por mais tempo, aplique o spray fixador por todo cabelo e pronto: seu chanel falso está feito.

Se quiser um chanel assimétrico, deixe algumas umas mechas mais compridas soltas na frente do rosto. A ideia é fugir do tradicional e abusar dos modelos mais despojados e modernos.

Quem quiser apostar em um chanel com mais volume e “bagunçadinho”, é só fazer babyliss por todo o cabelo ou desfiá-los com pente antes de seguir o passo a passo.

Mudanças e inovações estruturais nos cabelos ficam a gosto e criatividade da cliente e do profissional. A cada dia surgem mais inovações do Chanel. Já criou a sua?

Via Twitter

Nas últimas semanas, uma série de mulheres públicas chamaram a atenção por mudar o visual radicalmente. E as belas ainda divulgaram tudo isso de forma super pessoal, em suas próprias redes sociais, chocando ainda mais os fãs que ficaram sem entender nada…

Isabeli Fontana, por exemplo, postou essa foto em sua página do Twitter, com as madeixas curtíssimas, menos da metade daquilo que a modelo costumava apresentar. O problema é que ainda não se sabe se ela estava usando uma peruca para algum trabalho ou se de fato cortou os cabelos. A top até hoje não divulgou o porquê optou por esse corte, se foi para uma capa em especial ou campanha, mas sabemos que ela já teve o visual assim, lá em 2009 para a Chanel … 

E em 2011 para a Vogue Paris.

Outra modelo que também passou a tesoura na metade das madeixas foi a Ana Beatriz Barros. Já falamos do belíssimo corte dela aqui. Ela também foi outra beldade que anunciou o resultado da mudança de visual no seu próprio Twitter com a legenda: “Gostaram? Tô estranhando… O que vocês acharam?”

Outra que adora aparecer, seja nas mídias sociais ou em revistas, é Kim Kardashian. Dessa vez, a socialite postou no seu Twitter uma foto dela com uma peruca estilo “Joãozinho”, que usou para fotografar um ensaio para a Vogue italiana, em Los Angeles. Abaixo do click de bastidores, a legenda “Ótima sessão de fotos para a Vogue Italia” completou no melhor estilo “dia de modelo” da moça.

Colours

Verifica-se nos últimos tempos algumas famosas usando cores fortes e vibrantes nos cabelos. A onda adolescente terá chegado finalmente a uma fase mais madura e artística?

Super em alta, disseminado por várias divas do pop americano como Katy Perry, gêmeas Olsen, Lady Gaga, Hayley Williams e Avril Lavigne, além de atrizes e modelos e por que não, por apresentadoras brasileiras? A Marimoon (MTV) já coloriu suas madeixas de diversas cores, dentre elas até um tom verde claro.

Uma boa opção para quem gosta desse visual, mesmo que apenas para uma festa, é usar apliques de cabelos coloridos, podendo pintá-los da cor que quiser, sem estragar, pois não será o seu próprio cabelo. Assim é possível misturar tons, prendê-los com grampos, não precisam de manutenção nem de retoques e você pode voltar ao “normal” rapidamente.

Os apliques sintéticos são mais baratos do que os apliques de cabelos reais e os cuidados também são bem diferentes. No sintético, por exemplo, a chapinha está proibida já que derrete os fios de plástico. Se a intensão é pintar os apliques, então compre apliques de cores bem claras, assim a cor da tinta fica exata. Se a mecha for escura, você provavelmente verá apenas um leve brilho colorido.

Outra solução indicada são os produtos que colorem os cabelos mas saem na primeira lavagem, como o spray colorido, que permite pintar apenas algumas mechas de cabelo. Essas tintas, apesar de temporárias, são bem pigmentadas e pegam inclusive em cabelos escuros. Outro tipo de produto temporário é o gel colorido, só que este tem cobertura bem menos pigmentada.

Agora, se você decidiu que quer mesmo pintar as madeixas, é aconselhável que você faça isso em um salão, principalmente se o intuito é pintar o cabelo todo. Isso porque o processo é difícil de ficar uniforme e, se não for feito corretamente, podem ficar manchas escuras e/ou claras no meio do cabelo.

Aqui seguem algumas dicas para você que quer pintar seus cabelos:

– Escolha uma cor que combine com o seu tom de pele. Faça alguns testes com tecido/peruca. Existem muitos tons de azul, por exemplo. Veja qual tom fica melhor em você e tenha certeza da cor pra não se arrepender depois;

– Se seu cabelo for escuro, é melhor descolori-lo primeiro, senão a cor final será mais escura do que a cor que você está pintando;

– Mito: Não é a tinta que estraga o cabelo e sim o descolorante. Então passe somente onde precisa. Também verifique se a tinta que escolheu possui descolorante junto (amônia);

– Não lave os cabelos antes de pintar. É melhor que eles estejam bem sujos, pois a oleosidade protege a raiz do seu cabelo que fica dentro do couro cabeludo;

– Use um gel na pele da testa e das orelhas para que não saia manchada de tinta;

– Depois de pintado, use shampoos adequados para cabelos coloridos e não os lave todos os dias se não seus cabelos irão desbotar rapidamente;

– E não esqueça de hidratá-los bastante. Eles vão precisar!

Curtos Vintage

Toda mulher que tem cabelos encaracolados sonha em arriscar o corte-tendência da estação e também em discipliná-los diariamente de forma simples e rápida; dois fatores que, talvez não entrem em concordância? Não dessa vez…

Chiques, os cabelos curtos ondulados vão figurar nas cabeleiras das mulheres mais antenadas que se espelharam num certo ar retrô que o filme de Marilyn Monroe trouxe à tona.

Liz Taylor também vai ganhar sua versão biográfica 2012 nos cinemas e a atriz Lidsay Lohan irá interpretá-la com seu semelhante par de olhos azuis e (olha aí na foto), os curtos ondulados novamente!

    Sim!  Eles são a bola da vez, estão nas capas das revistas e também nos red carpets: Lea Michele optou por um corte irregular que caiu super bem para o rosto dela, que é levemente arredondado. 

Os cabelos curtos cacheados também podem ficar bem modernos quando usados armados, com cores variadas, mechas e luzes. A top Ana Beatriz Barros já teve esse corte anteriormente e voltou a adotá-lo, causando total frisson!

Este tipo de corte ganha um espaço fantástico no mundo da moda, por ser um cabelo mais difícil de lidar. A grande maioria das mulheres tem medo de cortar e ficar muito armado, mas saiba que os cabelos cheios e cacheados conferem muita sensualidade à mulher, além da impressão desta ser forte e de opinião.

 Independentemente da raça ou cor, o cabelo curto modela e permite imprimir forma aos traços femininos, dando uma bela impressão de independência (vide Coco Chanel). 

Geralmente os cabelos cacheados, enrolados, crespos ou ondulados são desvalorizados pela falta de cuidados e conhecimentos de como oferecer o melhor cuidado a eles. Os cachos são naturalmente mais frágeis e secos do que os fios lisos, por isso requerem mais atenção e devem ser hidratados com produtos específicos a cada 30 dias. Mas não há dúvidas que os cachos valorizam os traços femininos e deixam muito mais jovem e sensual quem os usa.

Esse tipo de corte fica melhor com repicados e em degrade. O cabeleireiro deve cortar os cabelos secos, para poder ir avaliando, durante o corte, como os cachos estão se comportando.

   Para não armá-lo, nunca penteie os cabelos secos, pois isso faz com que os cachos se desfaçam. Para fixar é indicado, pomadas, umidificadores, modeladores ou mousse.

É importante comentar também sobre a necessidade de ter certeza da opção de cortar, pois apesar do cabelo curto cacheado ser sexy, bonito e extrator natural de atenção, eles têm que se adequar ao seu rosto porque cabelo não é um mero acessório, ele é a peça chave fundamental para a sua aparência.

Então ao ver as fotos, lembre-se de olhar para o rosto das mulheres, se inspirar e sempre contar com o auxílio de profissionais adequados.